Mutirão de perícias deve desafogar demanda de atendimento no INSS local

  O anúncio da medida foi feito pelo Senador Marcos Rogério em sua passagem por Vilhena esta semana

Os atendimentos começam na próxima semana

Uma ação de urgência do governo federal deverá conter a demanda represada de perícias do INSS, que vem causando transtornos a pensionista e pessoas afastadas do trabalho em virtude de problemas de saúde. A boa notícia foi dada pelo Senador Marcos Rogério (DEM), que esteve em Vilhena ontem (quinta-feira 23). "Não é o ideal, mas pelo menos os problemas momentâneos serão solucionados", afirmou. Os atendimentos começam já na próxima semana.

O caso da falta de perito na agência local do INSS já motivou diversos problemas e criou situações constrangedoras, inclusive com a convocação da Polícia Federal a fim de garantir atendimento a pensionistas. Os problemas decorrem da falta de servidores no órgão público, deficiência que vai deste recepcionistas e atendentes, até médicos. A questão motivou, inclusive, audiência entre o prefeito Eduardo Tsuru (PV) e os vereadores França Silva (PV) e Rafael Maziero (PSDB) com gestores do INSS em Brasília.

Segundo o Senador, o caso de Vilhena não é isolado. "Temos a mesma deficiência por todo o Estado e em várias regiões do país", revelou. Marcos Rogério destacou que a medida emergencial não é a solução definitiva para solucionar o problema, mas apenas um paliativo de urgência. "Precisamos dar vazão a demanda represada de perícias a fim de resolver a situação das pessoas que estão na fila de espera, enquanto isso trabalharemos na busca de solução definitiva para a questão", assegurou.

Ainda não foi divulgada a forma como o atendimento em sistema de mutirão ser realizado, mas os dois vereadores citados acima confirmaram ao RO Notícias nesta manhã da sexta-feira 24, através da assessoria de imprensa da prefeitura, que os atendimentos começam já na semana que vem e a ação será realizada até o mês de agosto. 

Veja mais notícias sobre SaúdeGeralCidades.

Veja também: