Enfermeiro fala sobre os desafios da profissão em Vilhena

  Atualmente cerca de 350 profissionais trabalham na área da enfermagem no município

Foto: Divulgação/ Paulo Fellipe trabalha  como professor no SENAC e também é gerente de enfermagem no Hospital Bom Jesus

A enfermagem é a arte de cuidar do outro. Atua no sentido de contribuir para a melhoria dos enfermos e sua completa reabilitação de um quadro de saúde não favorável.Com dedicação e amor a profissão enfermeiros trabalham diariamente para contribuir com a melhoria da saúde de Vilhena.

Para o enfermeiro, Paulo Fellipe, o desafio do profissional consiste na promoção da saúde e na prática diária dos cuidados durante o exercício das atividades, superando as dificuldades enfrentadas na assistência aos enfermos.

Paulo Fellipe que trabalha atualmente como professor no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e também como gerente de enfermagem no Hospital Bom Jesus tem uma vasta experiência na área da enfermagem e ressalta que para se destacar na profissão é preciso que os profissionais tenham sempre vontade de aprender e busque se capacitar cada vez mais.

Paulo Fellipe ressalta que Vilhena é referência tanto no atendimento prestado a pacientes como na formação de novos profissionais de enfermagem no Cone Sul de Rondônia, pois o município conta tanto com cursos de graduação como de ensino técnico. Além disso, cerca de 350 profissionais trabalham na área da enfermagem no município.

Para o enfermeiro a instalação dos cursos de graduação ligados a saúde como medicina, enfermagem, fisioterapia, odontologia, entre outros vão ajudar a melhorar a saúde no município. Paulo Felipe ressalta que essa melhora na saúde vai ser sentida pela população dentre de dois anos.

"Vilhena é um município com grande potencial e a cada dia os profissionais têm percebido isso e estão vindo atuar no município e isso contribui para melhorar a saúde no municipal", afirmou Paulo Fellipe. 

Veja mais notícias sobre SaúdeGeralCidades.

Veja também: