Campanha de vacinação contra gripe já alcança 65% da meta alcançada

Foto: Mario Quevedo / Ana Clara Andreola

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começou no mês passado, e em Vilhena já foi ultrapassada mais da metade da meta esperada. Apesar de ainda faltar quase três semanas para o fim da ação, a Coordenação de Atenção Básica, organismo da Secretaria Municipal de Saúde responsável pelo setor, intensifica o chamado à comunidade, visando alcançar 100% de cobertura dos chamados grupos de risco. A vacina imuniza contra várias cepas do vírus da gripe, e deve ser renovada anualmente.

Segundo Ana Clara Andreola (FOTO), responsável pela Coordenação, a intensificação da divulgação da iniciativa do Ministério da Saúde e levada à cabo em todas as cidades do país se deve justamente a necessidade de revacinação anual. "O vírus da gripe tem alta capacidade de mutação, por isso é preciso atualizar a imunização regularmente", argumenta. Entre as cepas mais agressivas que são cobertas pela vacina está a temida H1N1, da qual há registros de casos fatais no Brasil. "Todo cuidado é pouco", pondera Ana Clara.

Os grupos sociais prioritários que tem direito a vacinação grátis nas Unidades Básicas de Saúde são gestantes; mães que estão amamentando; crianças de seis meses a seis anos; idosos acima dos 60 anos; e trabalhadores cuja atividade amplie a exposição ao vírus, caso de professores, policiais, bombeiros e profissionais da área da saúde. 

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também: