Hospital Regional atende Cone Sul e Mato Grosso, mas a conta fica apenas para Vilhena.

Valdete Savaris articula encontro de prefeitos do Cone Sul e Mato Grosso para debate sobre o Hospital Regional  

Foto: Divulgação. Valdete Savaris defende envolvimento de autoridades de MT e RO para solucionar problemas do Hospital Regional
Foto: Divulgação. Hospital Regional de Vilhena

A vereadora vilhenense Professora Valdete (PPS) pretende aproveitar agenda de autoridades do Sul de Rondônia com o governador Marcos Rocha, que acontece no final do mês, para levar representantes oficiais das cidades do Noroeste do Mato Grosso ao encontro. "Será uma grande oportunidade para darmos encaminhamento a questão do gerenciamento do Hospital Regional de Vilhena, que atende várias cidades da região de fronteira entre os dois estados, e vem sendo custeada quase exclusivamente pelo Município de Vilhena". A audiência com o governador estava marcada para esta semana, através de iniciativa do deputado estadual Luizinho Goebel (PV), mas foi adiada para o final do mês em virtude do feriado da Páscoa.

Valdete Savaris está concretizando sua iniciativa de atrair autoridades das cidades mato-grossenses do Noroeste do Estado através de convites pessoais, feitos por contato telefônico, além de ofícios encaminhados aos Municípios. "Estamos formalizando o chamado e protocolando os convites, e tenho ligado aos prefeitos e vereadores para destacar a importância do debate neste momento de início de governo. É preciso ficar bem claro a todos que a situação chegou ao limite, com pessoas sofrendo em virtude do excesso de demanda no Regional", declarou a vereadora.

Ela também está tentando sensibilizar o deputado estadual rondoniense no sentido de priorizar o tema na audiência pública a ser realizada com Marcos Rocha. "Minha ideia é focar na questão da saúde, que considero prioritária neste momento, ao invés de dispersar os debates com muita variação de temas", argumenta. É óbvio que Valdete não espera sair deste encontro com uma solução ao complexo problema do Hospital Regional de Vilhena, mas "é necessário abrir este debate com todos os representantes municipais da região e estabelecer encaminhamentos para equacionar os problemas", destacou.

A audiência pública estava prevista para ocorrer nesta quinta-feira 18, mas em função do feriado de Páscoa acontecerá no próximo dia 29. Os trabalhos, que serão realizados na sede do governo estadual, devem ser abertos à partir das 08 horas. 

Veja mais notícias sobre PolíticaSaúde.

Veja também: