HOMOFOBIA: Travesti é assassinada a tiro no bairro Bodanese em Vilhena

​A travesti foi baleada enquanto fazia programa no bairro Bodanese. 

A travesti, Wesley Coelho de Almeida, de 44 anos, conhecida como Mônica, foi morta a tiro na madrugada desta terça-feira, 26. O crime aconteceu no pátio de uma borracharia localizada na avenida Antônio Quintino Gomes, bairro Bodanese, em Vilhena.

De acordo com informações de testemunhas, a Polícia Militar foi chamada ao local do crime, pois uma pessoa estaria pedindo socorro no local.

Os policiais encontraram a travesti seminu caída no chão com uma perfuração de arma de fogo, no tórax. Ela disse aos policiais que estava fazendo programa na localidade e que foi abordada por um homem que estava em um Fiat Fiorino de cor branco que se aproximar efetuou o disparo contra ela que correu para tentar salvar a vida.

Ela foi socorrida pelos bombeiros e encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Regional, passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O boletim e ocorrência foi registrado e a Polícia Civil vai investigar o caso. 

Veja mais notícias sobre PolíciaGeral.

Veja também: