Morre empresário vilhenense que atirou acidentalmente na perna ao ajeitar arma na cintura

  Orlando da Silva Vaz morreu na madrugada deste sábado (5) em Porto Velho onde estava internado.

O empresário vilhenense Orlando da Silva Vaz, de 30 anos, morreu na madrugada deste sábado (5), no Hospital de Base, em Porto Velho onde estava internado. Ele atirou acidentalmente na própria perna no dia 3 de setembro.

Segundo informações de uma testemunha, o empresário foi ajeitar a arma uma pistola modelo Glock 380 que estava em sua cintura e acabou disparando acidentalmente em si mesmo. A bala atingiu a perna esquerda próximo a virilha e acertou a artéria femoral o empresário foi operado na primeira vez no Hospital Regional de Vilhena em uma cirurgia de emergência em virtude dos ferimentos e do intenso sangramento.

Ele chegou a passar por uma nova cirurgia em Cacoal, mas o quadro do comerciante se agravou e ele foi transferido para o Hospital de Base, em Porto Velho, onde morreu.

A família enlutada informou que o corpo de Orlando será trasladado para Vilhena, onde será velado e sepultado. 

Veja mais notícias sobre SaúdePolíciaGeral.

Veja também: