Hemocentro de Vilhena pede doação de sangue A positivo e O negativo

A unidade que atende todo o Cone Sul está com estoque baixo de sangue e faz apelo por doações.  

Foto: Divulgação

Com baixo estoque de sangue do tipo A positivo e O negativo o Hemocentro de Vilhena faz apelo por doações. De acordo com a assistente social do Hemocentro de Vilhena, Michely Toledo, mais de 20 mil doadores estão cadastrados no hemocentro, mas poucos doadores passam pela unidade diariamente.

A assistente social Michely Toledo informa que mensalmente o Hemocentro de Vilhena precisa de cerca de 350 bolsas de sangue para atender a demanda do Cone Sul, mas poucos meses do ano a meta é alcançada.

Por conta disso, o hemocentro está convocando todos os doadores fidelizados, e também busca novos voluntários. A assistente social ressalta que apesar da carência do tipo A positivo e O negativo, a doação de todos os tipos de sangue são bem-vindas.

"Estamos visitando as empresas e faculdades chamando as pessoas para doar sangue. Contamos com a solidariedade dos vilhenenses para doar sangue e ajudar a salvar vidas", disse Michely Toledo.

As pessoas que desejam ajudar podem procurar a unidade que atende de segunda-feira à sexta-feira, das 7h às 12h30minh. O hemocentro está localizado na Avenida Jô Sato, número 405, Bairro Jardim América.

Mais informações sobre doação de sangue podem ser obtidas através dos telefones 3321-5147 ou 992406211 (WhatsApp).

Regras para doar sangue

Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos de idade, estar com documento com foto e bem alimentado. O doador deve ter 50 quilos ou mais e não pode ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, nem estar em uso de medicamentos. Além disso, é recomendado que o doador tenha dormido pelo menos 6h na noite anterior e evitar alimentos gordurosos 3h antes da doação. 

Veja mais notícias sobre GeralSaúde.

Veja também: