Adotando protocolos e seguindo parâmetros da CBF, Vilhena publica decreto que autoriza prática do futebol profissional na cidade

Entre as medidas preventivas está a obrigatoriedade de testes para covid-19, aferição de temperatura e proibição de público

Foto: Prefeitura de Vilhena (RO) | Reprodução

Publicado na última segunda, 12, no Diário Oficial de Vilhena (DOV), o decreto municipal n° 52.284 libera treinamentos e partidas de futebol profissional sem público no município. As medidas estabelecidas são restritas para os clubes profissionais, ainda estando vetada a prática do futebol amador no município.

O decreto estabelece que tanto o treinamento quanto os jogos oficiais devem seguir as regras estabelecidas no Protocolo Sanitário e Relatório Operacional da Comissão Médica Especial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Entre as normas está a exigência de testar todos os participantes para covid-19, aferir temperatura, higienização de ambientes por empresas especializadas e distanciamento com máscara entre os que não estão em campo.

Na mesma linha, a Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) estabelece suas próprias regras de segurança à saúde dos atletas. Vale ressaltar que a presença de público nos estádios para estas partidas segue vetada, assim como qualquer prática de futebol amador em Vilhena.

Portanto, o decreto autoriza o retorno das partidas do Campeonato Rondoniense de 2021, que de acordo com a FFER começa no próximo dia 24, após dois adiamentos devido ao avanço da pandemia em Rondônia. Da mesma forma, outras quatro cidades envolvidas no campeonato emitiram decretos semelhantes: Ariquemes, Cacoal, Rolim de Moura e Porto Velho.

Veja abaixo como serão os parâmetros para as partidas em Vilhena:

- Fica limitado a 20 pessoas, para a realização da partida, somando a comissão, staff, profissionais da FFER, imprensa e administração do estádio. Os atletas inscritos para a partida, não se enquadram neste item.

- Todo o credenciamento para os envolvidos na partida, deve acontecer com a antecedência mínima de 48h.

- Na estrada do estádio, será necessário aferir a temperatura de todos os credenciados. Caso a pessoa apresente a temperatura acima de 37,5ºC será imediatamente isolado.

- É obrigatório o uso de máscaras para os presentes no estádio, exceto atletas, treinadores, narradores e arbitragem.

- Atletas e treinadores, devem por obrigatoriedade, serem testados com 48h de antecedência da realização da partida, em um laboratório credenciado pelos órgãos competentes da saúde. Aqueles que forem testados positivo para a covid-19, devem ser imediatamente afastados do elenco.

- Todos os ambientes fechados do estádio devem ser higienizados por uma empresa especializada e aprovada pelos órgãos competentes.

- É obrigatório a disponibilidade de álcool em gel, em todos os ambientes de circulação de pessoas no estádio.

- É necessário o distanciamento de 1,5m no banco de reservas entre os atletas e comissão técnica.

- As cabines de imprensa devem estar abertas para a livre circulação do ar.

- Os profissionais extracampo devem estar em locais predeterminados, ou marcados na arquibancada, obedecendo o distanciamento de 1,5m de uma pessoa para outra. 

Confira o decreto na íntegra:





Fonte: Semcom/ Vilhena (RO)  

Veja mais notícias sobre EsportesSaúdeVilhena.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/