2 empresas de Vilhena são interditadas durante fiscalização

30 foram visitadas e 4 estavam em situação irregular; Secretário de Turismo, Insdústria e Comércio destaca incentivo econômico para empresários

A operação se estendeu além do previsto, e terminou às 14h30 de sábado, dia 13. Agentes da Vigilância Sanitária, policiais militares e bombeiros do 3º grupamento percorreram as ruas de Vilhena e visitam 30 empresas.

Com medidas rígidas durante o fim de semana, impostas pelo decreto 25.859, de autoria do governo do estado, acatadas pelo município, o objetivo foi orientar empresários e fiscalizar o cumprimento das normas.

Duas dessas visitas terminaram em autuação (quando o empresário deve pagar uma multa) e outras duas em interdição.

De acordo com a prefeitura, a maioria dos empresários visitados compreenderam as exigências e se comprometeram a colaborar. 

Veja, uma vez mais, o que pode funcionar na cidade durante o fim de semana: 

Fiscalização vai continuar


O município ainda garante patrulhamento durante a noite par inibir aglomerações e identificar pontos comerciais em situação irregular ao que impõe o decreto estadual de calamidade pública, favorecendo o contágio pelo vírus.

Questionado pelo RO Notícias sobre a conduta dos empresários vilhenenses, o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, José Marcondes Cerutti, explica que "as restrições estão em vigor no município devido ao decreto estadual, que necessariamente deve ser obedecido em todos os municípios."

"As prefeituras não têm autonomia de liberar algo que o Estado proíba, seja dentro ou fora da pandemia. A gestão atual preza pelo apoio e liberdade do comércio, no entanto, órgãos de controle externo e recomendações da Saúde exigiram algumas restrições, sim. A Prefeitura destaca que todas as normas de limitação ao comércio são temporárias e serão retiradas assim que as mortes por covid-19 e a ocupação dos leitos de UTI reduzirem. "

- Diz Cerutti. 

Recuperação da economia

Por meio de uma campanha, a Semtic e a Associação Comercial de Vilhena incentivam a escolha por comprar em estabelecimentos da cidade à alternativa de consumir online.


"Com o dinheiro circulando no município, a economia da cidade se sustenta mais facilmente e mais empregos são gerados." 

- Orienta. 

E destaca: " a Prefeitura de Vilhena oferece diversos serviços de apoio financeiro aos pequenos empresários, microempreendedores individuais e autônomos, os mais afetados pela pandemia, através do Banco do Povo e Casa do Empreendedor. São empréstimos com juros zero, orientações fiscais e financeiros, cursos de capacitação em parceria com Senai, Sebrae, entre outros. "

É importante lembrar que:

- Ainda é obrigatório utilizar máscara de proteção em ambientes de convívio social e trabalho, além do distanciamento social;

-Lave as mãos, sempre que possível, com água e sabão, ato que pode substituir o álcool em gel, mas que ainda é indispensável.
 

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/