Você possui inteligência emocional?

Foto: Arquivo Pessoal

Hoje fala se muito sobre inteligência emocional, por todos os lados as pessoas comentam e algumas buscam todos os tipos de alternativas para seu autocontrole. Gerenciar as emoções contribui para nossa evolução pessoal e para a nossa vida.

É possível viver sem desenvolver a inteligência emocional?

Honestamente é possível sobreviver sem inteligência emocional, mas para ter uma vida plena, pessoalmente e profissionalmente serão necessários desenvolvimento de tal competência.

Para facilitar, encontrei um teste rápido na internet com 10 perguntas que trazem um pouco de clareza e mostram se você precisa ou não pensar em desenvolver sua inteligência emocional

Repare que não é um teste de inteligência emocional, apenas algumas perguntas para te fazer refletir sobre isso, ok?

1.Você dúvida dos seus sentimentos e emoções?

2.Você mantém suas emoções e pensamentos sob controle?

3.Você consegue ser transparente quanto aos sentimentos e emoções na frente de outras pessoas?

4.Você reconhece o seu próprio valor e capacidade?

5.Você se incomoda por ter pensamentos negativos ou por que assuntos sem importância dominam sua cabeça?

6.Você consegue perceber as emoções alheias sem se afetar por elas?

7.Você procura desculpas para fugir de situações ou estar com pessoas que lhe causam mal-estar?

8.Você gosta de trabalhar em equipe e nota que o seu rendimento é melhor assim?

9.Você é persuasivo e influenciador?

10. Você é um líder e as pessoas reconhecem isso em você?

Se você preferir, pegue papel e caneta para responder às perguntas, você vai se surpreender com o resultado.

O melhor de tudo!

A boa notícia é que a inteligência emocional pode ser desenvolvida, mas, como qualquer outra habilidade, exigem o conhecimento, a prática e a repetição.

Pois bem, existem várias maneiras de você desenvolver sua inteligência emocional e outras habilidades: você pode começar lendo livros relacionados ao assunto, encontrar maneiras de buscar autoconhecimento, como a meditação, por exemplo, passar pelo processo de coaching ou mesmo fazer cursos dedicados ao tema. O que você não pode fazer é não buscar ou não pesquisar sobre o assunto, correndo o risco de colocar a perder tudo o que você poderia construir e conquistar na sua vida com o desenvolvimento da inteligência emocional. 

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também: