Profissionais da imprensa, servidores da educação e outras áreas passam a fazerem parte do grupo prioritário de vacinação contra covid em Rondônia

A decisão foi publicada no diário oficial ontem (29). 

Foto: Reprodução

Foi publicado ontem (29) no diário oficial pela Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) o acréscimo de profissionais da comunicação, servidores da educação e vários outros setores como grupo prioritário para vacinação contra covid-19.

Confira a lista:

      ·         profissionais de empresas terceirizadas que prestam servi os nos hospitais, inclusive vigilantes, agentes de portaria e zeladores;

·    servidores públicos e profissionais da rede privada que trabalham em servi os considerados essenciais pelo Decreto governamental;

·         frentistas de postos de combustível;

·         trabalhadores que exercem atividades em laticínios e frigoríficos;

·         servidores do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes -  DER;

·         servidores do Departamento Estadual de Transito – DETRAN;

·         conselheiros tutelares;

·    familiares que estão cuidando de crianças e adolescentes que perderam seus genitores em decorrência da contamina ao par Covid-19;

·         assistentes sociais da rede publica e privada;

·         motoboys e entregadores de delivery;

·         trabalhadores das empresas que transportam, comercializam e entregam cilindros de oxigênio aos hospitais;

·         motoristas de ônibus e vans;

·         servidores públicos do Poder Legislativo, excetuados os Parlamentares;

·         servidores públicos que realizam atendimento presencial ao publico;

·         trabalhadores de supermercados;

·         trabalhadores da linha de frente de liga ao e religa ao de energia elétrica, aguas e esgotos; e

·         motoristas de aplicativo.

·         policiais militares;

·         bombeiros militares; III - policiais civis;

·         policiais penais; e

·         agentes socioeducativos.

·         servidores públicos da segurança pública;

·         profissionais da educação publica e privada;

·         profissionais que trabalham no serviço funerário, inclusive os que realizam sepultamento (coveiros);

·         farmacêuticos da rede publica e privada; V - atendentes de farmácias e drogarias;

·         taxistas;

·         mototaxistas;

·         psicólogos da rede publica e privada;

·         fisioterapeutas da rede publica e privada; X- odont6Iogos da rede publica e privada;

·    servidores públicos da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia - EMATER-RO;

·         servidores públicos da Agencia de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia - IDARON;

·         servidores públicos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental -  SEDAM;

·         motoristas de ambulância da rede publica e privada;

·         profissionais da imprensa;

·         servidores públicos ocupantes do cargo de oficial de justiça do Poder Judiciário;


Veja o documento na íntegra:


Veja mais notícias sobre RondôniaVilhena.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/