'DITADOR' prefeito Eduardo Japonês recebe críticas do poder legislativo na sessão da câmara de ontem

Essa sessão foi marcada pela indignação dos vereadores perante ao trabalho do prefeito Eduardo Japonês  

Foto: divulgação/poder legislativo

Na sessão extraordinária da câmara municipal do poder legislativo de terça-feira (14/09) o prefeito Eduardo Japonês e a secretaria da saúde Siclinda Raasch, receberam críticas do poder legislativo de Vilhena. pela forma que estão trabalhando.

 O presidente da câmara Ronildo Macedo, relatou em sua fala a forma que estão sendo obrigados á trabalhar com o governo do prefeito Eduardo Japonês. Segundo o presidente o prefeito está agindo como se a câmara de vereadores não existisse. O presidente ainda chamou Japonês de "ditador" 

O vereador Pagani também se referiu ao prefeito em sua fala, dizendo que ele não está sabendo governar, ele ainda disse que "falta a humildade de ao menos ouvir o que os vereadores tem a dizer. eu confiei meu voto á ele, mas agora parece que o poder lhe subiu a cabeça". disse.

A 1° secretária Clerida Alves prestou sua indignação a secretaria da saúde de Vilhena  Siclinda Raasch, segundo a mesma após ter ido até a UPA checar uma denuncia recebida, ficou chocada com a situação "Eu me deparei com os corredores lotados. Pessoas no chão. Pacientes deitados em colchões sem lençóis. Mulheres e homens na mesma enfermaria, todo mundo misturado. Um cenário de muita tristeza". A 1° secretária voltou a dizer que Raasch é incompetente para estar a frente da saúde do município.

A 1° secretaria sugeriu o envio de um oficio ao TCE-RO solicitando que seja feita uma tomada de contas especial dentro da secretaria de saúde.


Fonte: redação

Veja mais notícias sobre Vilhena.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/