Despachante é alvo de investigações da Polícia Federal em Vilhena

A investigação foi iniciada a cerca de 40 dias pela polícia. 

Polícia Federal em Vilhena. Foto: Reprodução

A Polícia Federal realizou nesta manhã (30.julho), a ‘Operação Desconto’ que cumpriu dois mandados de busca e apreensão na residência e no escritório de um despachante do município de Vilhena.

De acordo com a Polícia, as investigações demostraram indícios de que dezenas de caminhões e reboques que foram comprados por empresas locais e regionais tiveram suspensão de tributos federais dentro do programa da SUFRAMA com posterior revenda e adulteração de documentos para escapar do pagamento de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Contribuição para Fins Sociais (COFINS) e Programa de Integração Social (PIS).

Ainda segundo a polícia, esses tributos podem significar descontos de até 40% do valor dos bens.

As investigações começaram a cerca de 40 dias atrás pela Polícia Federal e os mandados expedidos pela Justiça Federal do município. Após o cumprimento das ordens judiciais, será feito a análise de todo o material nos endereços dos investigados.  

Com informações PF/RO

 

Veja mais notícias sobre Vilhena.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/