Polícia detém 6 pessoas por transportarem livros sem nota fiscal e desatualizados, venda seria feita em Colorado do Oeste

Os livros eram desatualizados e vendidos dentro de embalagens lacradas.

Foto: PRF/Vilhena

Na última sexta-feira (14) a Polícia Rodoviária Federal realizou a abordagem a um veículo Fiat Ducato em Vilhena, transportando livros sem nota fiscal.

O motorista transportava 6 pessoas, todas de São Paulo. Ao serem entrevistadas pelos policiais eles disseram que eram de São Paulo e estavam indo para Colorado do Oeste e que trabalhavam de carteira assinada para uma editora chamada Savoy como representantes.

Na carretinha engatada no veículo haviam vários kits de livros totalizando 488 exemplares que seriam vendidos no município vizinho, contudo não tinham nota fiscal da mercadoria.

Gerson Ildefonso do Santos se identificou como responsável pelas mercadorias, mas não possuía nota. Enquanto aguardava, os policiais entrevistaram os outros passageiros da van e eles informaram que os dois ocupantes que conduziam o veículo tinham sido detidos por estelionato em Campo Verde em Mato Grosso.

Os compradores dos livros, segundo os revendedores, não tinham ciência de que os livros eram desatualizados.

A PRF entrou em contato com a Polícia Civil de Campo Verde-MT que confirmou a versão apresentada e salientou que os indivíduos ficaram presos por 4 dias na delegacia da Polícia Civil no Mato Grosso e foram soltos após o motorista pagar a fiança de aproximadamente R$ 6 mil.

Os policiais verificaram que a data de fabricação dos livros era de 2008 até o ano de 2013. A mercadoria ficou retida no posto fiscal aguardando a apresentação da nota fiscal e o pagamento da multa arbitrada pelos auditores da Receita Estadual.

Diante das informações obtidas e apurações realizadas, identificou-se que o proprietário das mercadorias transportava 408 livros sem documento fiscal, configurando a princípio, a ocorrência de transporte de mercadorias sem nota fiscal.

Veja mais notícias sobre PolíciaColoradoVilhena.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/