PT afasta vereador que abriu caixão com suspeita de covid-19 em Minas

Wiliam Faria responderá ao conselho de ética e poderá ser expulso do partido. 

Foto: Reprodução

O vereador da cidade de Santa Bárbara do Leste, Wiliam Faria foi afastado pela direção executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) de Minas Gerais na manhã desta 3ª feira (27.abr) e pode ser expulso.

O partido lamentou a postura do vereador e representou 'uma ação violenta e desnecessária, além de ser uma grave ameaça à segurança sanitária'. O vereador também responderá no conselho de ética do partido um processo que pode determinar sua expulsão do PT.

Leia a íntegra da nota do PT mineiro:

A direção executiva do PT de Minas Gerais decidiu afastar imediatamente o vereador William Faria, de Santa Bárbara do Leste, em razão do lamentável fato ocorrido no último domingo (24/5), quando o parlamentar violou um caixão lacrado durante o funeral de um homem que faleceu com suspeita de covid-19.

O procedimento de lacre é uma determinação sanitária do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde.

Num dos momentos mais delicados vividos por toda a população mineira e brasileira em função da pandemia do novo coronavírus, a atitude do vereador representa uma ação violenta e desnecessária, além de ser uma grave ameaça à segurança sanitária.

Após o afastamento, o vereador responderá no Conselho de Ética do PT-MG, como determina o estatuto partidário, em um processo que poderá culminar com a sua expulsão.

Belo Horizonte, 27 de abril de 2021 Executiva do Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais

Fonte: SBTNEWS 

Veja mais notícias sobre Brasil.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/