Após ser contra vacina, apresentador do SBT morre de Covid-19 aos 49 anos

Segundo a equipe médica, o apresentador morreu devido a uma infecção secundária decorrente da doença causada pelo coronavírus. 

O apresentador Stanley Gusman era contra as medidas de isolamento e desdenhou da vacina da Covid-19 Foto: Reprodução

O apresentador Stanley Gusman morreu aos 49 anos na noite do último domingo (10), em decorrência de complicações da Covid-19. O jornalista comandava o programa Alterosa Alerta, na TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais. Ele estava internado desde o dia 4 de janeiro no Hospital Vila da Serra, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte.

A informação foi confirmada pelo hospital e pela direção da TV Alterosa. Gusman foi diagnosticado com a doença antes da virada do ano, mas dias depois o estado de saúde se agravou, e ele precisou ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo a equipe médica, o apresentador morreu devido a uma infecção secundária decorrente da doença causada pelo coronavírus.

Desde o início da pandemia, Stanley Gusman expressou opiniões duvidosas a respeito da gravidade do vírus. Em 18 de dezembro, o apresentador publicou em seu Twitter um vídeo de uma reportagem de seu programa sobre um alerta a respeito das normas de isolamento social. Ele criticou as instruções do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil.

"Eu vou visitar o meu pai, minha mãe e não vou matá-los. É um desrespeito falar isso", disse o apresentador ao defender sua decisão de visitar familiares no Natal, apesar do risco de disseminação da doença. Veja o tuíte abaixo: 

Ele também duvidou da eficácia das vacinas que estão sendo produzidas para combater o contágio e compartilhou notícias falsas sobre o assunto. 

Os colegas de Gusman na TV Alterosa lamentaram a partida do apresentador. "Essa notícia trouxe uma profunda tristeza para todos nós, dos Associados, em especial da TV Alterosa. Perdemos um companheiro leal, amigo de todos da casa. A Covid cala uma voz eloquente. Stanley se junta aos trágicos números dessa pandemia, mas os ideais dele não serão esquecidos. Que Deus conforte sua mulher, seu filho e toda a família", declarou o diretor-geral da emissora, Geraldo Teixeira da Costa Neto, ao jornal Estado de Minas.

"Ele lutou contra a doença. Como de praxe, é um lutador. E um grande amigo de todos. Estamos tentando assimilar essa perda. Todos muito tristes. A família Alterosa perdeu um grande lutador e um dos maiores comunicadores de Minas Gerais", disse o superintendente da TV Alterosa, Luis Eduardo Leão, também ao jornal. Desde que Gusman foi afastado, o Alterosa Alerta estava sendo comandado por Ricardo Carlini e Pablo Tiago.

O delegado Marcio Lobato, que participa do programa Alterosa Agora, também lamentou a perda do amigo. "Grande profissional, homem de inteligência e sagacidade ímpar. Sucumbiu a essa maldita doença", afirmou. Veja a despedida:

 

Fonte: NoticiasdaTV

Veja mais notícias sobre BrasilSaúde.

Veja também:

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.ronoticias.com.br/